Videira: Cesta básica registra aumento de 24,03% em um ano

Essa é maior variação anual verificada dentre as edições da pesquisa mensal que é realizada desde o ano de 2016.

A pesquisa realizada pelo professor Luiz Carlos Bondicz, que acompanha mensalmente a variação de preços da cesta básica de alimentos, com base nos indicadores utilizados pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), registrou o valor de R$ 509,11 no mês de dezembro de 2020, na média dos preços apurados em oito estabelecimentos em Videira.  Em dezembro de 2019 a pesquisa havia identificado o valor de R$ 410,47 para a cesta básica no município, impactando em uma variação de 24,03% em 12 meses, a maior variação anual verificada dentre as edições da pesquisa mensal que é realizada desde o ano de 2016.

CESTA BÁSICA – DEZEMBRO 2020  
Produto volume quantidade Valor R$ % do total
1 Açúcar cristal kg 3 R$ 8,11 1,59%
2 Arroz Longo Fino tipo 1 kg 3 R$ 14,95 2,94%
3 Banana caturra kg 5 R$ 20,55 4,04%
4 Batata inglesa (monalisa) kg 6 R$ 28,04 5,51%
5 Café moído gramas 600 R$ 12,04 2,37%
6 Carne bovino (patinho) kg 6,6 R$ 229,84 45,15%
7 Farinha de trigo kg 1,5 R$ 4,35 0,85%
8 Feijão (preto) kg 4,5 R$ 35,53 6,98%
9 Leite Longa Vida litros 7,5 R$ 27,04 5,31%
10 Manteiga gramas 750 R$ 33,15 6,51%
11 Óleo de soja ml 900 R$ 7,79 1,53%
12 Pão francês kg 6 R$ 45,57 8,95%
13 Tomate (longa vida) kg 9 R$ 42,16 8,28%
CUSTO TOTAL R$ 509,11 100%

Na pesquisa anterior o valor totalizou R$ 498,44. No período de novembro a dezembro de 2020 houve um aumento de 2,14% no valor da cesta básica em Videira. Dentre os 13 produtos pesquisados e que compõem a cesta básica, 10 apresentaram aumento no valor médio, sendo a banana caturra (17,43%);  açúcar cristal (6,64%); a farinha de trigo (5,18%); a manteiga (4,97%); o leite longa vida (4,80%); o feijão preto (3,41%); o pão francês (3,23%);  a batata inglesa (2,02%); a carne bovina (1,46%); o óleo de soja (0,92%). Outros 3 produtos apresentaram redução no valor médio, sendo: o arroz (-0,50%); o café moído (-1,35%) e o tomate (-4,93%).

 

Fonte: Rádio Videira / Professor Luiz Carlos Bondicz
Foto: Divulgação