Urnas eletrônicas terão sintetizador de voz para deficientes visuais

Tecnologia permite que cidadão ouça o nome do candidato de sua escolha, além do áudio do número já disponibilizado

Eleitores cegos vão poder ouvir da urna eletrônica, o nome do candidato em quem estão votando. A novidade, foi desenvolvida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e utiliza tecnologia de sintetização de voz, que transforma texto em som, e simula como se a máquina estivesse “lendo” para o eleitor o que está na tela.

Até então, a urna eletrônica emitia apenas sons de comandos como confirma, corrige e branco, que eram mensagens pré-gravadas, salvas no equipamento.

Para utilizar o novo recurso, nestas eleições, no dia da votação, o leitor deverá informar ao mesário sobre deficiência visual. Assim, o recurso será habilitado na urna, e lhe serão entregues fones de ouvido, para só ele ouvir em quem está votando, e garantir o sigilo do voto.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/Mais News
Foto: Divulgação