Sobe para 15 o número de casos de sarampo em SC

Outros cinco casos suspeitos continuam em análise

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC) confirmou na segunda-feira, 19, mais cinco casos de sarampo no Estado. Com a atualização, o número de casos registrados da doença subiu para 15 neste ano.

Os novos casos confirmados nesta segunda já estavam em investigação, e a confirmação veio durante o fim de semana, informou a assessoria da Dive-SC. Outros cinco casos suspeitos continuam em análise.

Ainda de acordo com a Dive-SC, os 15 casos de sarampo, registrados entre os dias 1º de janeiro e 17 de agosto, estão distribuídos entre as cidades de Florianópolis (10), Guaramirim (1) e Barra Velha (1). Os outros três são de tripulantes de um navio que atracou no litoral catarinense em fevereiro.

A Dive-SC também informou que os casos confirmados até agora são classificados como importados, pois as evidências epidemiológicas demonstram que os novos casos são de pessoas que estiveram em São Paulo, onde está ocorrendo um surto da doença.

Na última quinta-feira, 15, após a confirmação do 10º caso de sarampo, a vacinação contra a doença passou a ser recomendada em todo o território de Santa Catarina. A vacina pode ser encontrada nas unidades de saúde.

Por conta do aumento do número de casos no Estado, a Dive-SC comunicou que passará a divulgar um boletim mais frequente, semanalmente, sobre os números da doença.

Riscos e sintomas

O sarampo é uma doença causada por um vírus que pode matar, principalmente crianças desnutridas e menores de um ano de idade. O contágio pode ser fácil, pelo ar, através da respiração, tosse ou espirros.

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Apresentando sinais e sintomas do sarampo, o serviço de saúde deve ser procurado imediatamente para que seja feito o diagnóstico e tratamento da doença.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira
Foto: Rádio Videira
Comentários
Carregando...