SC confirma segunda morte por febre amarela em humano de 2021

Vítima era um homem, tinha 59 anos e residia em São Bonifácio na Grande Florianópolis

A segunda morte por febre amarela em Santa Catarina em 2021 foi confirmada nesta segunda-feira (12) pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive/SC). A confirmação ocorre sete dias após a divulgação do primeiro óbito, também pela Dive.

A vítima era um homem, de 59 anos e morador de São Bonifácio, na Grande Florianópolis. Ele chegou a ser internado no Hospital Nereu Ramos, na Capital, mas não resistiu à doença. O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC).

O primeiro óbito pela doença, também ocorreu na Grande Florianópolis, porém en Águas Mornas, de um homem de 34 anos. Nenhuma das duas vítimas tinha registro de vacina contra a doença no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (Sipni).

Cinco casos confirmados em SC

Além de dois óbitos, SC já confirmou outros três casos humanos de febre amarela em 2021. O primeiro caso, registrado em janeiro, foi de uma moradora de Taió, no Alto Vale do Itajaí, de 40 anos. Os outros dois foram confirmados na região da Grande Florianópolis, de dois homens, um de 62 anos, morador de Águas Mornas, e outro de 46 anos, de Anitápolis.

O Estado também recebeu 437 notificações de primatas mortos ou doentes, sendo que em 119 ocorreu a confirmação para a febre amarela. Outras 25 continuam em investigação.

 

Fonte: Rádio Videira / NSC Total
Foto: Divulgação