Rede Municipal de Educação define estratégias para retorno das aulas em fevereiro

Modelo híbrido entre presencial e virtual, avaliação diagnóstica personalizada e reforço escolar estão entre as ações para a reabertura das escolas neste ano

A pandemia da Covid-19 exigiu da área da educação um grande esforço para promover mudanças que possibilitem a realização das atividades com o melhor rendimento escolar possível e a máxima segurança para alunos e profissionais.

Com esta diretriz e atendendo aos protocolos sanitários estabelecidos pelos decretos do Governo do Estado, a Secretaria de Educação de Videira preparou o retorno das aulas, que acontecerá em fevereiro, depois de cerca de dez meses com as unidades escolares fechadas. O plano de ação para o retorno das aulas foi desenvolvido em conjunto com o Conselho Municipal de Educação e o Comitê de Gestão da Covid de Videira.

Neste período o uso da tecnologia trouxe avanços significativos e seguirá durante este ano, mas agora em um modelo híbrido, ou seja, aulas virtuais e também presenciais, afinal sabe-se o quanto os alunos precisam da interação social que o ambiente escolar é capaz de oferecer.

Entre as principais ações de retorno das aulas estão:

  1. Preparação do ambiente e das pessoas: ao longo dos meses as unidades escolares foram sendo adaptadas de acordo com os protocolos sanitários, a fim de dispor de álcool em gel e garantir o distanciamento físico. Houve melhorias também no acesso à internet sem fio, nos links de internet. Os profissionais da educação passaram por treinamentos com a equipe de saúde para saber como atuar e orientar os alunos no momento do retorno das aulas presenciais.
  2. Avaliação diagnóstica e revisão/reforço escolar: de imediato, todos os alunos da rede passarão por uma etapa de identificação individualizada das defasagens de aprendizagem, chamada de avaliação disgnóstica e, a partir dela, serão direcionados para aulas de revisão e, quando necessário, para o reforço. Esta medida garantirá que nenhum estudante fique para trás ou que não retorne ao ambiente escolar.
  3. Modelo híbrido com aulas virtuais e presenciais: as aulas virtuais por meio da plataforma Google for Education continuarão sendo utilizadas em um modelo híbrido, ou seja, parte das aulas serão online e parte presenciais sempre com o suporte dos professores, tanto em sala de aula quanto em meio virtual.

O secretário de Educação, Luiz Felipe Torcatto Zanella, dá mais detalhes sobre como será o retorno das atividades presenciais:

A data da volta às aulas será divulgada nos próximos dias. Mesmo em um sistema híbrido e com número reduzido de alunos, haverá mudanças significativas no espaço e na rotina escolar em 2021, por isso é importante a colaboração de pais e alunos para que o retorno seja possível preservando sempre a saúde e a segurança das pessoas.

 

 

Fonte: Rádio Videira /Prefeitura de Videira
Foto: Prefeitura de Videira