Prefeitos da Amarp divulgam documento com recomendações regionais no combate ao coronavírus

Material traz orientações quanto ao funcionamento de estabelecimentos, ocupação de locais públicos e realização de eventos, entre outros

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), realizou nesta semana, mais uma reunião virtual onde foram debatidos diversos temas relativos aos 15 municípios que compõe a entidade.
O principal assunto tratado entre os prefeitos foi a elaboração de um documento regional com algumas normas e restrições acordados entre os prefeitos da nossa região (veja o documento na íntegra no fim desta notícia).

O intuito principal dessa reunião foi formalizar os pontos de um acordo que entrou em vigor na quarta-feira (01) com normas e restrições a diversos pontos no combate ao coronavírus. Importante ressaltar que todas as decisões foram tomadas em conjunto com os prefeitos da Amarp, bem como de forma consensual entre os presentes a reunião virtual realizada na terça-feira (30).

O documento delibera sobre horário de funcionamento para o comércio, lojas de departamentos, supermercados, food trucks, galerias, centros comerciais, restaurantes, lanchonetes, bares, lojas de conveniência e similares.

Ainda constam orientações quanto a utilização de espaços públicos, praças, academias ao ar livre, bem como a proibição de atividades esportivas coletivas, treinamentos, dentre outros, além de orientações para a realização de velórios.

Outro ponto muito importante diz respeito ao retorno das aulas, sejam elas de nível superior, particular, técnico, médio e fundamental. Ficou estabelecido que o retorno poderá se dar conforme o retorno das aulas a partir de 02 de agosto, de acordo com a situação atual naquela data.

Dentre as proibições ainda consta no documento a não autorização para a circulação de ônibus intermunicipal e interestadual, ficando a cargo de cada município a normatização do transporte urbano. Também está proibido a realização de shows com música ao vivo em bares e restaurantes.

No território dos municípios da Amarp, fica expressamente obrigatório o uso de máscara em todos os ambientes, sejam eles abertos ou fechados, ficando a cargo de cada município as sanções como orientação e multa.

O prefeito de Tangará e presidente da Amarp, Nadir Baú da Silva, destaca que essa reunião foi muito produtiva e de fundamental importância, sendo que as decisões sobre ações de combate ao coronavírus estão sendo tomadas em conjunto entre os prefeitos da entidade, que se reúnem todas as semanas, para deliberar de forma consensual sobre os mais diversos temas. “Esse documento é de extrema importância para os municípios, que estão tomando decisões em conjunto, isso mostra mais uma vez a união da Amarp, que tem buscado trabalhar enquanto região e não de forma individual nos municípios. Continuaremos unidos e debatendo ações de prevenção a Pandemia do Coronavírus em nossa região” comentou o presidente.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/ Assessoria de Imprensa
Foto: Rádio Videira