Nova flexibilização aumenta capacidade de lotação das igrejas

A Amarp saiu do nível “Grave” (laranja) e avançou para o nível “Alto” (amarelo) na Matriz de Risco do Governo

Na última quinta-feira (22), o Governo do Estado encaminhou o informativo atualizado da Matriz de Risco com os dados que mostram que a Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), saiu do nível “Grave” (laranja) e avançou para o nível “Alto” (amarelo).

Nenhuma região se encontra no nível gravíssimo nas últimas quatro semanas, todas se mantêm fora de situação de risco máximo, sendo que nesse momento são seis as regiões que se encontram no nível “Grave”, e dez regiões que se encontram no nível “Alto”. Seis regiões foram reclassificadas de nível Grave para Alto, dentre elas a Amarp.

A Amarp, realizou uma reunião virtual com os prefeitos dos municípios associados para tratar de novas flexibilizações.Uma delas foi referente às igrejas, que tiveram sua capacidade aumentada para 70% de percentual máximo de lotação.

Para o pároco da Paróquia Imaculada Conceição de Videira, padre Deolino Baldissera, o aumento na capacidade é uma boa notícia:

O presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular do Bairro Amarante, Pastor Sauro Ibagy,  informa que isso melhora a situação de trabalho, mas os cuidados devem continuar.

 

Fonte: Jornalismo Rádio Videira
Foto: Divulgação