Máscaras de pano contra o coronavírus poderão ser fabricadas em casa

Antes da afirmação de Mandetta, a recomendação do governo federal era para que somente profissionais de saúde e pessoas com sintomas ou com casos confirmados da Covid-19 usassem o equipamento de proteção

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sugeriu na quarta-feira (1º) que qualquer pessoa poderia fazer máscaras de pano como barreira contra o coronavírus. Antes da afirmação de Mandetta, a recomendação do governo federal era para que somente profissionais de saúde e pessoas com sintomas ou com casos confirmados da Covid-19 usassem o equipamento de proteção.

Mandetta já tinha sinalizado que trabalhava em um protocolo para ampliar o uso do equipamento. Ele ressaltou que há estudos científicos que indicam o uso e disse que conversa com a indústria têxtil para que máscaras feitas com TNT sejam produzidas e oferecidas para a população em geral.

As orientações corretas de fabricação das máscaras de pano serão repassadas em breve pelo próprio Ministério, conforme explica o médico Carlos Winck. Ele pede ainda para que as máscaras cirúrgicas ou N95, que oferecem maior proteção, sejam deixadas apenas para o uso de profissionais da saúde já que o produto está em falta em todo o país.

 

Winck aproveitou para pedir a toda comunidade que neste momento permaneçam em suas casas seguindo as orientações de isolamento social e que continuem com às medidas preventivas para evitar a disseminação do coronavírus.

 

 

Fonte: Jornalismo Rádio Videira
Foto: Divulgação