Manifestação em Videira reúne mais de 15 mil pessoas

A carreata atravessou o centro da cidade, passou pelo Passo Municipal, alcançou o trevo da Carboni Iveco e retornou até o Super Viza do Bairro Cidade Alta, para se ter uma ideia da dimensão da mobilização, enquanto os veículos retornavam sentido Bairro Cidade Alta, ainda haviam carros saindo do Parque da Uva, ou seja, a cidade foi cortada por um cordão verde e amarelo de um extremo ao outro.

Videira mobilizou um expressivo número de apoiadores do governo do Presidente Jair Bolsonaro nessa terça-feira feriado de 7 de setembro. Segundo estimativas da organização da manifestação, essa foi a maior carreata já ocorrida no município, com a participação de mais de 8 mil veículos e 15 mil pessoas participaram, teve início às 15 horas, mas a mobilização já acontecia antes das 14 horas em frente ao Parque da Uva seguindo até o final da tarde. Entre as principais reivindicações do grupo estavam: apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro, liberdade de expressão e proteção à família.

Famílias, idosos, crianças, caminhoneiros, agricultores, ciclistas e empresários participaram em carros, caminhões, máquinas agrícolas, jeeps, carros antigos e até cavalos desfilaram e levaram mensagens de apoio ao governo e repúdio a medidas dos ministros do Supremo Tribunal Federal. A manifestação foi pacífica sem qualquer boletim de ocorrência, apenas orientações de trânsito.

Segundo um dos organizadores do manifesto, o empresário Mansur Zuchetti, a ação superou todas as expectativas. “Vamos continuar lutando em prol dos direitos e da liberdade do povo Brasileiro, eu penso nos meus filhos e netos, que precisam dessa força tarefa hoje para se livrar da corrupção e do comunismo outrora cultivado pelos governos petistas. Agradecemos o apoio dos transportadores e agricultores e de todos os videirenses que participaram desse dia memorável para o futuro do Brasil”, analisa o empresário.

Os manifestantes declararam que as ações em defesa da liberdade não vão parar por aí, “ficaremos atentos à reação dos poderes e manteremos a população unida”. Quem desejar mais informações sobre como contribuir