Governo libera seguro-desemprego travado

Seguro fica bloqueado e só pode ser acessado pelo trabalhador após ele entrar com um recurso administrativo

Os benefícios haviam sido suspensos após os trabalhadores realizarem o saque imediato do FGTS

O total de 67.523 pedidos de seguro-desemprego que estavam travados foram liberados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. Os benefícios haviam sido suspensos após os trabalhadores realizarem o saque imediato do FGTS, autorizado pelo governo no ano passado.

Com a retirada do valor, o seguro fica bloqueado e só pode ser acessado pelo trabalhador após ele entrar com um recurso administrativo.

Porém, como o saque do FGTS foi algo concedido pelo governo, a própria secretaria teve que reprocessar os pedidos. Requerimentos de seguro feitos a partir do último dia 20 já estão sendo concedidos automaticamente.

De acordo com a regra do seguro-desemprego, o primeiro pagamento é feito após 30 dias do requerimento, mas o governo prometeu pagar estes trabalhadores a partir do próximo dia 28.

O seguro-desemprego tem o valor que vai de um salário mínimo, mil e 39 reais, até mil 813 reais. A quantidade de parcelas vai de três até cinco e depende do tempo que o trabalhador esteve empregado.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/Mais News
Foto: Divulgação