FMF cancela Troféu Inconfidência, Cruzeiro abre mão de título

Uberlândia é declarado campeão

Horas depois de cancelar a partida final entre Cruzeiro e Uberlândia, a Federação Mineira, em conjunto com os dois clubes, decidiu encerrar o Troféu Inconfidência sem uma partida final e declarou o Uberlândia, com o consentimento da Raposa, como campeão da competição. O ofício da FMF foi divulgado no começo da tarde desta quarta-feira.

A decisão foi tomada depois que o clube do Triângulo Mineiro anunciou, na noite de terça-feira, que jogadores estão infectados com o novo coronavírus. Além disso, não existiam datas disponíveis – devido à participação da Raposa na Série B – de marcação de uma nova data para a realização da partida.

Considerando que, no referido ofício, a equipe do Cruzeiro, em atitude de louvável solidariedade, se dispõe a abrir mão da disputa da partida final válida pelo Troféu Inconfidência, concedendo à equipe do Uberlândia Esporte Clube o título de Campeã do Troféu Inconfidência, desde que não haja nenhuma sanção regulamentar e/ou disciplinar em virtude desta não realização

 O Uberlândia apresentou 13 casos detectados de Covid-19, mesmo que assintomáticos, nas duas últimas baterias de exame. A Federação considerou que não havia tempo hábil para a realização da contraprova para confirmação dos diagnósticos e tomou a decisão de cancelar o torneio.

A decisão de cancelar o torneio também teve chancela do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais e da Procuradoria Geral.

Fonte: Rádio Videira/Globo.com
Foto: Globo.com