Falta de Chuva preocupa vereadores de Iomerê

Câmara recebe Oficio sobre acessibilidade

Ontem segunda-feira 03, foi realizada na Câmara de Vereadores de Iomerê sessão ordinária sem a presença de público devido as restrições da Covid-19. Para que você possa estar por dentro dos assuntos tratados na sessão é realizada em tempo real pelo Facebook e You Tube, no canal da Câmara.

A Ordem do dia foi a seguinte:

Após a leitura e aprovação da ata de sessão anterior, foi lido oficio encaminhado pelo executivo municipal, em relação ao Projeto de lei 77 de 23 de abril de 2021. O Projeto altera lei complementar 31, de 16 de maio de 2012, dispondo sobre as regras de acessibilidade, instituindo o Programa de Incentivos e a Edificação compulsória de Calçadas e Passeios Público, e dá outras providências.

Lida e aprovada em votação única Indicação 51/2021, de autoria das vereadoras Grazielle Faletti Rodrigues Batista e Salete Silva Franciosi, que solicita para que o órgão competente realize estudos sobre a possibilidade de melhorar o fluxo na rua João Rech, ao lado da Prefeitura.

A vereadora Grazielle comenta sobre a indicação.

Lido e aprovado em votação única requerimento de autoria do vereador Aleomar Agostinho Penso, solicitando informações sobre os locais, dias e horários que acontece a coleta de lixo no interior do município.

O vereador Aleomar parabeniza as mães pela passagem do seu dia e fala sobre o requerimento.

Lido e aprovado em votação única em nome da Câmara de Vereadores de Iomerê, Moção de Aplauso ao Sr. Yuri Picoli Hentz pela publicação do Livro Iomerê em Tempos.

Ao final de sessão o presidente da Câmara Vereador Marcio Santini comentou e solicitou apoio dos demais vereadores, em relação a preocupação com estiagem que afeta o interior, principalmente na comunidade da Linha Zanetti.

Estes foram os assuntos em destaque da Sessão da Câmara de Vereadores de Iomerê na última Segunda-feira 26. Devido aos Decretos não está sendo permitida a presença de público nas sessões. Você poderá acompanhar tudo através do Facebook e You Tube, pelo canal da Câmara.

Fonte: Rádio Videira
Foto: Rádio Videira