Dois macacos são encontrados mortos em Tangará

Animais são sinalizadores da presença da Febre Amarela; exames estão sendo realizados para atestar causa da morte

Na última semana, a área de vigilância epidemiológica de Tangará foi informada sobre dois macacos encontrados mortos no município. Um próximo a área urbana e outro na Comunidade de Leãozinho. Os animais foram recolhidos e amostras encaminhadas para análise, com apoio da Regional de Saúde. Exames devem comprovar a causa da morte nos próximos dias.

A enfermeira Josiane Pontel, responsável pela área da vigilância epidemiológica, destaca que os macacos podem sinalizar a circulação do vírus da febre amarela, portanto quando esses animais são encontrados mortos deve ser feita a notificação.

Apesar de serem sinalizadores da doença, os macacos não transmitem a febre amarela, são apenas vítimas.

A febre amarela é uma doença grave, transmitida por mosquitos em áreas de matas e urbana. A única forma de se proteger é através da vacinação.

A vacina é eficaz contra a doença e está disponível na rede pública, a partir de 9 meses, para toda a população. A Secretaria de Saúde fez uma ação na última semana vacinando os moradores das proximidades dos locais onde os animais foram encontrados. Aqueles que ainda não estão imunizados devem procurar a sala de vacinas.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/ Jornalismo Rádio Tangará
Foto: Imagem ilustrativa/ Divulgação
Comentários
Carregando...