Diretor diz que Conmebol planeja volta de Copas em setembro

O diretor reiterou a posição do presidente da Conmebol

Após dois meses e meio de paralisação, a Conmebol tem uma estimativa de retorno para suas duas principais competições de clubes, a Libertadores e a Copa Sul-Americana.

Em entrevista à emissora argentina “TyC Sports”, o secretário-geral adjunto de Futebol e diretor de Desenvolvimento da entidade, Gonzalo Belloso, disse que eles trabalham uma possível volta em setembro.

– Estamos organizando reuniões com todos os governos. O futebol é uma indústria de tantas que estão sofrendo com a pandemia. O problema mais difícil que enfrentamos é a da migração das equipes e os aeroportos – declarou.

O diretor reiterou a posição do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, de que as duas competições encerrarão em campo e, enquanto for possível, não terão seus formatos alterados, com a mesma quantidade de partidas.

Gonzalo Belloso, no entanto, admitiu que finalizar os torneios em 2021 não é visto como um problema para a Conmebol. Ele reforçou que o planejamento deve ser feito de acordo com os calendários de cada confederação.

– Também temos que levar em consideração todos os calendários locais para que possam jogar os torneios locais em seus países. Trabalhamos paralelamente com os países para ver o que eles planejam – ressaltou.

A Libertadores de 2020 foi paralisada após a disputa da segunda rodada da fase de grupos.

A Sul-Americana teria sua segunda fase disputada nos dias 20 e 27 de maio. A Conmebol espera a abertura de todas as fronteiras no continente para ter um cenário favorável ao retorno de suas competições.

Fonte: Rádio Videira/Globo.com
Foto: Divulgação