Demanda de álcool em gel cresce nesses últimos meses

Empresa de produtos de limpeza de Videira teve que parar a produção de outros produtos para fabricar álcool em gel

Diante da pandemia do coronavírus, todos os especialistas da saúde indicam o álcool em gel para higienização das mãos. Com isso, a demanda pelo produto subiu 1.700 %. O proprietário de uma fábrica de produtos de limpeza, de Videira, Elizeu Melo de Godoi, conta que nessas últimas semanas, o álcool em gel que era um produto que quase não saia, hoje é principal produção da empresa.

 

 

Eliseu está indo na contramão de muitas empresas que, por conta do Covid-19 e do decreto do governador Carlos Moisés, estão fechadas. Apesar do grande faturamento, o proprietário não sabe como será a produção do futuro.

 

 

Fonte: Jornalismo Rádio Videira
Foto: Rádio Videira