Crédito para microempreendedor será ampliado, diz governo de SC

Valor passará de R$ 3 mil a R$ 5 mil por meio do programa Juro Zero

A linha de crédito para o microempreendedor individual (MEI) pelo programa Juro Zero vai aumentar de R$ 3 mil para R$ 5 mil para cada CNPJ. A medida foi anunciada pelo governo de Santa Catarina na sexta-feira (3), como parte do programa Reação SC, de retomada da economia do estado após a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Não foi informado a partir de quando o crédito será ampliado. O estado tem 301 pacientes diagnosticados com a Covid-19, e cinco mortes registradas, segundo balanço mais recente.

Por causa da doença, Santa Catarina está em situação de emergência desde o dia 17 de março, e prorrogou o regime de quarentena até 7 de abril. Podem funcionar somente os serviços considerados essenciais, e as obras, tanto públicas e privadas, além do comércio relacionado ao setor.

Na sexta, porém, o governo disse que estuda a retomada de algumas atividades, com foco nos trabalhadores autônomos e liberais, como os de salões de beleza e barbearias, consultórios de saúde e clínicas de dentistas, fisioterapeutas e psicólogos. A reabertura de alguns comércios chegou a ser anunciada na semana passada, mas foi adiada.

Juro Zero

O programa existe desde 2011, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e operacionalizado pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc). Já foram disponibilizados mais de R$ 274 milhões e mais de 11 mil operações aos MEIs. Atualmente, são mais de 557 mil microempreendedores registrados.

Por meio do Juro Zero, o empréstimo pode ser parcelado em até oito vezes com juros subsidiados pelo estado. Cada microempreendedor tem direito de fazer duas operações de crédito, sujeitas a análise.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/G1
Foto: Divulgação