Caixas com 5 milhões de máscaras descartáveis são apreendidas em porto de SC

Material vindo da China ficou acima do tempo permitido na alfândega e foi apreendido pela Receita Federal

A Receita Federal apreendeu cinco milhões de máscaras faciais descartáveis em São Francisco do Sul, no Norte catarinense, na manhã desta terça-feira (24). Agora, o material deve ser destinado a profissionais que estão trabalhando no combate ao novo coronavírus.

A carga de 6.768 caixas com 5.057 milhões de máscaras estava na alfândega de um porto seco da cidade. A apreensão ocorreu porque o material vindo da China com suspensão de tributos deveria ter sido retirado da alfândega em até 45 dias. Ainda não foi informado quando o material chegou ao local.

Como o material não foi retirado pela empresa importadora, a Receita Federal caracterizou o caso como abandono de mercadoria, lavrando auto de infração aplicando a pena de perdimento. A carga é avaliada em R$ 203 mil. O nome da importadora não foi informado.

Ainda segundo a Receita Federal, as máscaras são feitas de falso tecido com fibras de polipropileno e podem ser usadas por profissionais da saúde, de forças de segurança e outros que atuam no combate à pandemia de coronavírus no Brasil. A distribuição do material deve ser feita pelo Ministério da Saúde.

Fonte: Jornalismo Rádio Videira/G1
Foto: Divulgação