Agronegócio catarinense sente os efeitos da estiagem

Na semana passada foi apresentada a avaliação de impactos da seca na produção agropecuária e as ações já executadas em apoio aos produtores rurais.

Agronegócio catarinense já sente os efeitos da estiagem prolongada. Na semana passada, a governadora Daniela Reihner realizou um encontro com lideranças do setor produtivo, que apresentaram a avaliação de impactos da seca na produção agropecuária e as ações já executadas em apoio aos produtores rurais.

Este ano, foram criados novos programas e linhas de crédito para incentivar os investimentos em sistemas de captação e uso de água, além de projetos de apoio à reconstrução de estruturas prejudicadas com eventos climáticos extremos. O analista do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), Haroldo Tavares Elias , comenta sobre as perdas na produção de milho:

Conforme Haroldo, o setor agropecuário também está sentido os efeitos da estiagem:

Fonte: Jornalismo Rádio Videira
Foto: Divulgação